27.10.2021

Áreas de Prática: Público & Ambiente

Setores: Ambiente

Serviços: ESG – Environmental, Social and Governance

José Eduardo Martins antecipa os principais temas da COP26

A uma semana do início da United Nations Climate Change Conference (COP26), a Antena 2 convidou José Eduardo Martins, Sócio da Abreu Advogados, para explicar no programa Palavras Cruzadas, o que espera da maior cimeira do clima.

No programa de rádio de Dalila Carvalho, o advogado da Abreu Advogados e especialista Direito do Ambiente explica o que esperar desta conferência, que este ano estará particularmente focada em: reorientar os esforços globais para combater as alterações climáticas num ambiente radicalmente modificado pela pandemia, na regulamentação do Artigo 6 do Acordo de Paris, que determina o funcionamento do mercado regulado de carbono e na definição de metodologias de aferição de redução de emissões.

“Vai ser uma cimeira de muitas declarações e de muita vontade, mas de pouca ação. Acho que o quotidiano do que estamos a viver está a demonstrar isso. Em números redondos, a União Europeia é responsável por quase 10% das emissões mundiais e a Ásia é responsável por 50%. Dessas 50% quase 30% são da China. O que aconteceu quando saímos da pandemia? Quando começamos a ter o custo do petróleo e da energia a subir, a China e também a India começaram a produzir energia com carvão que é o mais poluente dos combustíveis fósseis e que há em grande abundância. Portanto, acho que o que vai acontecer em Glasgow é um contestação mil vezes repetida na COP26.”, refere José Eduardo Martins.

Oiça aqui a entrevista completa.

Thinking about tomorrow? Let's talk today!

Conhecimento