Projeto Cultural

Um projeto cultural numa sociedade de advogados

 

Numa era de grandes transformações sociais e económicas, a Abreu Advogados desenvolve um projeto de cariz cultural, realizado em cooperação e de empenho estratégico. Numa ligação umbilical à história do escritório e desafiando todas as convenções, a Abreu dá o seu contributo para a consolidação da cultura e a consciência cívica, promovendo a expressão artística contemporânea junto de um alargado público que diariamente visita os nossos escritórios.

Desenvolvida em parceria com o Carpe Diem Arte e Pesquisa, uma associação de âmbito cultural, este projeto incorpora alguns objetivos que resultam da política da Abreu enquanto sociedade de advogados:

  • Potenciar as artes junto de um público alargado;
  • Fomentar a sensibilidade para a arte contemporânea junto de colaboradores, clientes, parceiros e público em geral;
  • Valorizar a criação artística de jovens talentos;
  • Reconhecer percursos artísticos já firmados;
  • Dinamizar a relação com a comunidade.

 

Nascido no seio do escritório, este é um programa de continuidade desenvolvido para ser apresentado e renovado a cada trimestre do ano. A coordenação deste projeto procura obedecer a dois grandes desafios, por um lado, expor obras de arte em locais que não foram desenhados para o efeito, procurando novas formas de integração do objeto artístico; e por outro lado, utilizar o tema “Natureza”, como orientador das opções de curadoria, procurando aproximar elementos naturais da vivência corporativa de um grande escritório de advogados.

Desde de 2019, a Abreu Advogados promoveu um vasto conjunto de exposições, visita-guiadas, apresentações de livros e debates, por onde já passaram dezenas de artistas e foram expostas mais de 30 obras, que integram as mais variadas expressões artísticas, como a Pintura, o Desenho, o Vídeo, a Escultura, o Néon e a Fotografia.

Valores

Missão

Advocacia sem arte e cultura é advocacia sem conteúdo, sem alma, e este Projeto é expressão do que nós somos e queremos aspirar ser: inovadores com inspiração.

 

Manuel Andrade Neves

Sócio e cocoordenador do Projeto Cultural da Abreu Advogados

As exposições são acessíveis a todos os que trabalham no nosso escritório e às suas famílias, mas têm também o objetivo de abrir a nossa sociedade à comunidade onde estamos inseridos e tornarmo-nos também um agente promotor de arte e cultura.

 

Inês Sequeira Mendes

Sócia e cocoordenadora do Projeto Cultural da Abreu Advogados

Quando comecei a definir as linhas deste projeto percebi que a Abreu Advogados seria um parceiro à medida do desafio, pois sabia que tinha que ser alguém com uma localização privilegiada e que tivesse a coragem e ousadia de explorar connosco um caminho indispensável de promoção das artes junto de diferentes públicos.

 

Lourenço Egreja

Diretor Artístico do Carpe Diem Arte e Pesquisa, associação parceira do projeto

Visitas

As exposições deste projeto são visitáveis, mediante marcação. Caso pretenda visitar, poderá enviar e-mail para: [email protected]

NOTA: Devido à pandemia de Covid-19, temos privilegiado os formatos online. Por essa razão, poderá ficar as nossas exposições em formato virtual nesta página ou nas nossas redes sociais.

Conheça as exposições

Prémio Abreu Advogados

Fábio Colaço

Louise Kanefuku

I wish I was a whale

Fátima Frade Reis

Projeto Cultural

Exposições Individuais

Jorge Nesbitt

Catarina Leão

Atelier Portátil

Jorge Santos

Teresa Palma Rodrigues

Zona V

Urbano

As Flores e as Cinzas

Isabel Sabino

Four Seasons

António Faria

Eventos

  • 20
  • 20

2020

Livro NOT YET de Pedro S Lobo

 

No dia 15 de dezembro de 2020 a Abreu Advogados promoveu lançamento do livro NOT YET de fotógrafo luso-brasileiro Pedro S Lobo. Este lançamento, inserido no projeto cultural da Abreu Advogados e realizado em parceria com o Carpem Diem Arte e Pesquisa, contou com a participação de Lourenço Egreja, diretor criativo da Carpe Diem; Alexandre Pomar, jornalista e crítico de arte; Vasco Rosa, editor e ensaísta; Rosely Nakagawa, curadora e Gabriel Zellmeister, publicitário.

 

Pedro S. Lobo estudou na School of the Museum of Fine Arts, Boston e no International Center of Photography (ICP), em Nova Iorque. Brasil, Portugal, Estados Unidos, Dinamarca, Alemanha, China e Colômbia são países onde já realizou exposições, individuais ou coletivas, figurando a sua obra em diversas coleções públicas e particulares.

Pedro Lobo recebeu o V prémio Marc Ferrez e as bolsas CAPES-Fulbright e a Vitae de Fotografia.

Atualmente reside em Borba, Portugal, trabalhando na Europa, nos EUA e no Brasil.