03.07.2020

Alexandre Miguel Mestre integra UEFA Governance and Compliance Committee

Alexandre Miguel Mestre, consultor da Abreu Advogados, é o português nomeado para o comité de três membros independentes do UEFA Governance and Compliance Committee –  órgão dedicado à prevenção de condutas ilegais e violadoras da ética, em especial através de mecanismos de governance e compliance, igualmente focado em matérias como responsabilidade social, direitos humanos, igualdade de género, accountability e monitorização de riscos, nomeadamente no plano da alocação de fundos e de decisões de natureza comercial. A nomeação foi aprovada pelo Comité Executivo da UEFA.

O consultor da Abreu Advogados, que integra a área de prática da sociedade dedicada ao direito do desporto, vai integrar o comité da UEFA que é atualmente presidido por Herbert Tibe, membro da Direção da Federação Austríaca de Futebol, membro do Comité de Compensação da UEFA e auditor interno da UEFA desde 2009.

Com Alexandre Miguel Mestre, integram ainda este comité da UEFA, como membros independentes, dois outros nomes igualmente reconhecidos internacionalmente, num dos casos em particular na área no direito do desporto: José Juan Pinto Sala, Managing Partner da sociedade de advogados Pinto Ruiz & Del Valle em Barcelona, e Charles Deguara, Auditor Geral do Serviço Nacional de Auditoria de Malta. O comité é ainda composto por elementos representantes de associações desportivas, a saber: Marco Casagrande, Secretário-Geral da Associação de Futebol da Finlândia, Kadir Kardag, Secretário-Geral da Federação Turca de Futebol, e Polina Yumasheva, Presidente do Comité de Futebol Feminino da União Russa de Futebol.

Alexandre Miguel Mestre começou dia 1 de Julho o mandato que  termina a 30 de Junho de 2023. O consultor da Abreu Advogados, que faz parte da sociedade desde 2014, é reconhecido também na docência e publicações científicas, essencialmente na área do Direito do Desporto, tem vindo a trabalhar essencialmente nas áreas de Direito da União Europeia, Direito da Concorrência e Direito do Desporto. Foi considerado “Best Lawyer of the Year 2020 in Sports Law” pela Best Lawyers, e assume agora esta importante responsabilidade internacional.