09.12.2021

Áreas de Prática: Societário, Comercial e M&A

Abreu Advogados e TTR apresentaram estudo “Portugal M&A: Moving Forward After COVID-19”

A Abreu Advogados, em parceria com o Transactional Track Record (TTR), apresentou hoje o estudo “Portugal M&A: Moving Forward After Covid-19”, que analisa a evolução do mercado de M&A em Portugal durante a pandemia, através da leitura dos seus principais indicadores, entre os quais se destaca o volume de negócios, valor de transações, setores mais ativos ou origem do investimento estrangeiro.

O estudo tem como principal foco o período temporal entre abril de 2020 e março de 2021 e começa por destacar a evolução contrária entre o número de operações e o valor de negócios. Ao longo dos primeiros 12 meses de pandemia, registou-se um aumento de 15% no valor das transações efetuadas, enquanto o número de negócios caiu 21%, quando comparado com o ano de 2019. No que diz respeito a estes indicadores, destaca-se a diminuição de mais de 40% do número de operações de M&A no segundo trimestre de 2020, na sequência do primeiro período de confinamento, e, numa perspetiva inversa, o elevado valor dos negócios registados em julho de 2020, que ultrapassou os 4 mil milhões de euros.

A apresentação do estudo “Portugal M&A: Moving Forward After Covid-19” realizou-se hoje, em formato online, e contou com a participação de Pedro Siza Vieira, Ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital; Rita Araújo, Executive Board Member da AICEP; Isabel Duarte Lima, Managing Partner da HCapital e Marco Lourenço, Managing Director e Head of M&A and ECM na Caixa Banco de Investimento. Da parte da Abreu Advogados participaram os sócios Ana Sofia Batista, José Maria Corrêa de Sampaio, Manuel Santos Vítor, Marta Romano de Castro e o sócio contratado Hugo Teixeira.

Aceda ao relatório completo.

Conhecimento